Morre deputado Bernardo Ribas Carli (PSDB-PR) em acidente aéreo no Paraná - TV Canal Dom Silvério

Participe nossa grupo

 Anuncie Aqui no TV Canal

Morre deputado Bernardo Ribas Carli (PSDB-PR) em acidente aéreo no Paraná

Share This
Reprodução/Facebook
Bernardo era natural de Guarapuava (PR), onde sua família construiu base política
Morreu neste domingo, vítima de um acidente aéreo, o deputado estadual paranaense Bernardo Ribas Carli (PSDB), de 32 anos. A aeronave de pequeno porte na qual ele estava caiu numa região de mata fechada na região sul do Paraná, na cidade de Paula Freitas, perto da divisa com Santa Catarina.
A Polícia Militar de União da Vitória, cidade vizinha, foi acionada para atender a ocorrência por volta das 12h30 deste domingo (22), mas, conforme um assessor do deputado informou ao UOL, é provável que o avião tenha sofrido o acidente por volta das 10h, pela manhã.
Segundo a Secretaria de Segurança do Paraná, o Instituto Médico Legal (IML) aguarda a chegada da perícia da Aeronáutica para iniciar o trabalho de identificação das vítimas. Diante da complexidade do acidente, foram deslocadas equipes do IML de Curitiba, como odontologistas, para reforçar o trabalho de identificação das vítimas.
O corpo do deputado será velado na prefeitura de Guarapuava (PR).
Bernardo, que era natural de Guarapuava (PR), cidade onde sua família construiu base política e eleitoral, estava voando de lá até União da Vitória, onde iria cumprir agenda pré-eleitoral pela manhã.
Além dele, também estavam no avião um piloto e um copiloto, que também morreram. Seus nomes ainda não foram confirmados.
Inicialmente, a Polícia Militar de União da Vitória só confirmou a morte do piloto e do copiloto, uma vez que o corpo de Carli ainda não havia sido encontrado. De acordo com um assessor, porém, o deputado foi achado morto.
Além da Polícia Militar, também a Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros de União da Vitória atuam no local, além do setor de criminalística da Polícia Civil de Curitiba, cidade localizada a cerca de 230 quilômetros do local do acidente.

A Polícia Civil irá instaurar um inquérito para investigar o acidente, além das investigações dos órgãos da aviação Civil.

Em nota, o Diretório Estadual do PSDB do Paraná lamentou a morte do deputado: "Bernardo fazia parte de uma nova geração de políticos, que deixa como legado o trabalho sério, inovador e competente. Sempre defendendo os interesses de sua amada Guarapuava. O PSDB se solidariza com a família e amigos nesse duro momento".

A Assembleia Legislativa do Paraná decretou lutou de três dias pela morte de Carli.
Carreira do deputado

Bernardo era filho de uma família influente politicamente na região de Guarapuava (PR) e graduado em Administração de Empresas. Seu pai, Luis Fernando Ribas Carli, foi prefeito da cidade por três mandatos, além de ter sido deputado federal e estadual.
Seu cacife político foi herdado por dois filhos. Primeiro, por Fernando Ribas Carli Filho, de 35 anos, que foi deputado estadual pelo PSB. Em 2009, ele renunciou ao cargo – e foi expulso do partido – depois de matar duas pessoas em um acidente automobilístico. Exames comprovaram que ele dirigia embriagado.
Fernando foi a júri popular no início deste ano, quando foi condenado a nove anos e quatro meses de prisão em regime fechado. O caso gerou grande repercussão, uma vez que ele recorria em liberdade.
Foi depois que o irmão se afastou da vida púbica que Bernardo se lançou candidato a deputado estadual pela primeira vez, em 2010. Foi eleito pelo PSDB, mas no ano seguinte teve seu mandato cassado por gastos irregulares na campanha. Depois, conseguiu reverter a decisão.
Em 2016, o deputado estadual foi condenado por uso de documentos falsos e falsidade ideológica na prestação de contas de sua campanha eleitoral de 2010. Ele ainda foi condenado a um ano e oito meses de prisão em regime fechado, pena convertida em restrição de direito de prestação pecuniária.
Na ocasião, a condenação o enquadrou na Ficha Suja, o que o impediria de concorrer à reeleição este ano.

Bernardo Ribas Carli era presidente da Comissão de Esportes da Assembleia Legislativa e coordenador da Frente Parlamentar dos Produtores de Energia Elétrica. Ele ainda integrava o Bloco Parlamentar da Agricultura Familiar e o Bloco Parlamentar Digital.

Nenhum comentário:

Facebook