Ultrapassagem proibida termina em acidente com quatro mortos da mesma família em rodovia no norte do Paraná, diz PRE - TV Canal Dom Silvério

Ultrapassagem proibida termina em acidente com quatro mortos da mesma família em rodovia no norte do Paraná, diz PRE

Share This
Quatro pessoas da mesma família morreram em um acidente entre dois carros e um caminhão no fim da tarde de domingo (30) na PR-445, em Cambé, no norte do Paraná.
Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o caminhão, que estava carregado com óleo de soja, bateu na lateral de um carro que fazia uma ultrapassagem proibida. O motorista do caminhão acabou entrando na outra pista ao tentar desviar o carro e acertou o outro veículo, que seguia atrás.
Todas as vítimas estavam nesse terceiro veículo e são pai, mãe e duas filhas. Fernando Martelinho, empresário de 43 anos, Adna Simões, professora de espanhol de 41 anos, e as duas filhas do casal, de 8 e 2 anos de idade, morreram na hora.
A família de Londrina voltava de um passeio em Presidente Prudente (SP), onde foi visitar parentes.
O motorista do caminhão teve ferimentos leves.
O condutor do carro que fazia a ultrapassagem proibida foi preso em flagrante por embriaguez ao volante, ainda de acordo com a PRE. Ricardo Martins, de 39 anos, não aceitou fazer o teste do bafômetro, mas testemunhas disseram que ele fazia zigue-zague na pista, tentanto ultrapassar vários veículos.
 
 
Acidente mata quatro pessoas da mesma família na PR-445
À polícia, ele admintiu que tinha bebido antes de dirigir, conforme o subtenente Edson Lopes, da PRE.
"Ele nos informou que teria realmente ingerido bebida alcoólica (...) Foi encontrada uma caixa de cerveja vazia já e logo, bem próximo, uma garrafa já vazia", detalhou.
O motorista também teve ferimentos leves e foi levado para a Delegacia de Cambé. Até a manhã desta segunda-feira (1º), ele continuava preso, segundo a Polícia Civil.
"O crime é um só, é o homicídio no trânsito, com a agravante de ele estar embriagado. A pena é de cinco a oito anos, que é uma lei nova, que entrou em vigor em abril deste ano", explicou o delegado Roberto Fernandes Lima.
Martins teve a carteira de motorista apreendida, ficará proibido de dirigir durante um ano, e recebeu uma multa de quase R$ 3 mil.
Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico-Legal (IML) de Londrina. A previsão é de que sejam liberados no início da tarde desta segunda, e que o velório seja realizado na Igreja Presbiteriana Independente, no Jardim Piza.
Motorista do caminhão perdeu o controle da direção ao tentar desviar de um carro que fazia uma ultrapassagem proibida  — Foto: Alberto D'angele/RPC
Motorista do caminhão perdeu o controle da direção ao tentar desviar de um carro que fazia uma ultrapassagem proibida — Foto: Alberto D'angele/RPC

Nenhum comentário:

Receba Notícias Pelo Whatsapp

 Anuncie Aqui no TV Canal