Rejeitos de barragem rompida em Brumadinho devem atingir represa em dois dias - TV Canal Dom Silvério

Rejeitos de barragem rompida em Brumadinho devem atingir represa em dois dias

Share This

A Agência Nacional das Águas informou, por meio de nota, que a barragem de Retiro Baixo, onde há uma usina hidrelétrica, deverá receber em cerca de dois dias os rejeitos da barragem rompida em Brumadinho, na região metropolitana de Minas Gerais. Retiro Baixo fica a cerca de 220 km do local do rompimento. 
Conforme a agência, a barragem permitirá o "amortecimento da onda de rejeito". Caso a lama não estacione nesse ponto, seguirá para a Represa Três Marias, último entreposto antes dos resíduos atingirem o Rio São Francisco. Até o momento, não existe estimativa de tempo para esse segundo fluxo. 
"Estamos em constante comunicação com os órgãos e autoridades federais e estaduais, inclusive no âmbito de recente Acordo de Cooperação sobre Segurança de Barragens, que está permitindo troca facilitada e mais rápida de dados sobre a situação no local do evento", diz trecho do comunicado.

200 pessoas desaparecidas

O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais confirmou que o rompimento da barragem deixou 200 desaparecidos em Brumadinho. Imagens mostram que uma enxurrada de lama tomou conta de extensas áreas da cidade.
Também por meio de nota, o Ibama informou que a barragem rompida no Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG) tem volume de 1 milhão de metros cúbicos (m³) de rejeito de mineração. Para efeito de comparação, a barragem do Fundão, rompida na cidade de Mariana, em 2015, tinha 50 milhões de m³. O desastre deixou 19 mortos.
Na ocasião, os rejeitos de minério lotaram o rio Doce e provocaram a morte de milhões de peixes, anfíbios, répteis e aves marinhas.

Nenhum comentário:

Receba Notícias Pelo Whatsapp

 Anuncie Aqui no TV Canal