Meia Thiago Neves 'emplaca' hat-trick de polêmicas com treinadores no Cruzeiro - TV Canal Dom Silvério

Meia Thiago Neves 'emplaca' hat-trick de polêmicas com treinadores no Cruzeiro

Share This

 Thiago Neves está sempre nos holofotes do Cruzeiro. Mas em grande parte desta temporada, ele tem atraído as atenções da imprensa e de torcedores não por conta de boas atuações, como se deu em momentos decisivos em 2017 e 2018, mas, sim, em função de performances muito aquém do esperado e, principalmente, por declarações polêmicas. A mais recente, se deu após a goleada por 4 a 1 sofrida para o Santos, no último sábado (23), na Vila Belmiro, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.
Ao dizer que vem atuando com várias dores e que nem por isso vai “ficar fora” do time, TN10 deixou em maus lençóis o técnico Abel Braga, que desconhecia essa informação. Aliás, não é a primeira vez que o armador surpreende negativamente um comandante da equipe em 2019. Com Mano Menezes e Rogério Ceni, episódios polêmicos também vieram à tona.
Parte I: Mano Menezes
Com Mano, a polêmica ficou mais nos bastidores – havia um desgaste entre parte do plantel e o treinador. No entanto, houve uma ‘alfinetada’ ao gaúcho depois do triunfo sobre o Santos, por 2 a 0, no primeiro turno, no Mineirão, na estreia de Rogério Ceni no Cruzeiro. “É assim que o torcedor quer ver, é assim que a gente quer jogar também”, afirmou o camisa 10, dando a entender que o esquema mais “defensivo” de Mano, que rendeu bons frutos nos dois anos anteriores, já não era do agrado do elenco.
Parte II: Rogério Ceni
Ironicamente, a Era Ceni ficou marcada por um desentendimento de TN10 com o técnico. Depois da goleada por 3 a 0 imposta pelo Internacional sobre a Raposa, o meia contestou as mudanças feitas por Ceni, gerando um mal-estar na Toca II. A série de resultados negativos e o evidente atrito envolvendo o comandante e parte do elenco culminaram na saída do treinador – fato que ainda rende um bafafá na torcida celeste.
Parte III: Abel Braga
Já o capítulo mais recente está inserido no pior momento da saga Abel Braga no Cruzeiro: já são cinco partidas consecutivas sem vitória, sendo uma derrota e quatro empates. “A opção de me colocar ou tirar é do treinador. Vou fazer o que posso, em momento algum vou pedir para ele me tirar, pois quero jogar até o final”, afirmou Neves.
Diante disso, caberá então a Abel escolher se mantém ou não o meia no time, mesmo que o próprio atleta tenha declarado que não está 100% fisicamente e não tem feito boas partidas. E você, torcedor, quer ver o camisa 10 em campo nesta quinta-feira (28), contra o CSA, no Mineirão, pela 35ª rodada? Ou não?

Nenhum comentário:

Receba Notícias Pelo Whatsapp

 Anuncie Aqui no TV Canal