Sem pagamentos, Hospital Margarida suspende atendimento a plano PASA - TV Canal Dom Silvério

Participe nossa grupo

 Anuncie Aqui no TV Canal

Sem pagamentos, Hospital Margarida suspende atendimento a plano PASA

Share This

Hospital Margarida de João Monlevade informa que, após diversas tentativas de negociação com o Plano de Saúde PASA, que atende aos funcionários da Vale na região, não foi possível dar continuidade ao contrato com o convênio médico. A casa de saúde e o Plano estão há mais de dois anos negociando soluções para a falta de pagamento por parte do convênio de recursos de glosas, referentes a atendimentos, medicamentos, materiais, entre outros ao Hospital.
Ainda no início do ano passado, foram realizadas tentativas para uma solução definitiva do problema. Porém, mais uma vez, o convênio não cumpriu com o proposto e vários pagamentos de glosas devidas continuam em aberto. Em setembro de 2019, o convênio foi notificado para que os pagamentos fossem regularizados e o Hospital concedeu novo prazo de 90 dias para a solução do caso.
Porém, não houve nenhuma resposta para a resolução da situação no período. “Somente no último dia do prazo estabelecido é que o Hospital Margarida foi procurado pelo convênio requerendo ainda mais prazo para que fosse apresentada uma proposta de solução aos pagamentos, o que não foi aceito pelo Hospital”, informa o provedor da casa de saúde, José Roberto Fernandes.
O provedor informa também que o cancelamento dos atendimentos a conveniados do PASA, se deu exclusivamente por ausência de interesse em resolver as pendências financeiras com o Hospital. Essa não é a primeira vez que o Margarida deixa de atender a conveniados do PASA. E os atendimentos podem ser retomados, tão logo o Plano resolva as pendências com o Hospital Margarida. “No entanto, apesar da suspensão dos atendimentos pelo plano, os usuários continuam recebendo atendimento normal via SUS, com o mesmo padrão de qualidade. Para voltar aos atendimentos, agora, só depende do plano regularizar a situação. Tentamos tudo, documentamos e estamos à disposição para negociar”, destaca o provedor do Hospital Margarida.

Nenhum comentário:

Facebook