Caraça interrompe serviço e ameaça deixar Barão de Cocais sem ônibus - TV Canal Dom Silvério

Caraça interrompe serviço e ameaça deixar Barão de Cocais sem ônibus

Share This

A empresa Caraça interrompeu ontem parte do transporte coletivo urbano em Barão de Cocais. Também foi paralisada a linha para Córrego da Onça – que fica a 7km do Centro e onde moram cerca de 65 famílias – afetando também as comunidades de Campo Grande e São Gonçalo do Rio Acima – que têm 105 famílias.
O diretor da Caraça, André Herculano, está ameaçando abandonar o contrato de prestação de serviço de transporte coletivo – em plena pandemia de coronavírus – se o prefeito Décio Geraldo dos Santos (PSB) não acatar um pedido de “reequilíbrio financeiro”. O empresário alega que a concessionária teria direito a receber cerca de R$ 4 milhões da Prefeitura, por reajustes de tarifa que não foram concedidos em anos anteriores.
“Já parei a linha que faz o Córrego da Onça e os ônibus que fazem as linhas mais distantes dentro da cidade. Só está rodando a linha que consegue pagar pelo menos o diesel”, afirmou o diretor da Caraça. A empresa detém o monopólio do transporte coletivo em Barão de Cocais desde 1º de dezembro de 2009, após vencer a licitação, e o contrato tem prazo de 20 anos.
André Herculano alega que só tomou a medida após ter apresentado à Prefeitura, há seis meses, um documento comprovando que o serviço está deficitário. “A Prefeitura já havia sido informada, desde meados do ano passado, sobre um estudo realizado por empresa contratada pela Caraça, sobre o contrato de concessão, o qual era conclusivo sobre a crítica situação da empresa. Pela falta de observação, por parte da Prefeitura, de cláusulas essenciais para manter o equilíbrio econômico do contrato”, argumenta. Fonte; Diário do Vale

Nenhum comentário:

Receba Notícias Pelo Whatsapp

 Anuncie Aqui no TV Canal