Moradores de Vargem da Lua acusam Vale de invadir seus terrenos e fecham estrada - TV Canal Dom Silvério

Moradores de Vargem da Lua acusam Vale de invadir seus terrenos e fecham estrada

Share This

Moradores da comunidade de Vargem da Lua, em São Gonçalo do Rio Abaixo, fizeram uma manifestação contra a Vale e fecharam a estrada MG-129, que dá acesso ao povoado. Ocorrido anteontem, o protesto começou por volta das 7h e durou cerca de quatro horas. A Polícia Militar esteve no local. Não houve nenhum confronto.
Os manifestantes impediram a passagem de veículos. A pista, que é o principal acesso à mina de Brucutu, foi bloqueada por cerca de 40 pessoas. Os manifestantes gritavam palavras de ordem e fizeram cartazes com várias críticas à empresa. “Vale, não destrua o sonho da nossa comunidade”; “Por onde a Vale passa tudo acaba” e “Vale, devolva o que é da comunidade por direito”. Estas eram algumas das frases escritas nas faixas exibidas pelos moradores.
Líderes do movimento apontaram, para a Polícia Militar, que o objetivo da manifestação era cobrar solução para um litígio envolvendo a comunidade e a mineradora pela posse territorial que abrange parte da mina. Eles também cobram asfalto na localidade.
O imbróglio envolvendo Vargem da Lua e a Vale se arrasta desde 2008. Moradores afirmam que a empresa invadiu suas terras. A comunidade também seria afetada em caso de rompimento da barragem da mina de Gongo Soco, que fica em Barão de Cocais, e está na área da mancha da barragem da mina de Brucutu.
Além disso, de acordo com os moradores, a extração de minério de ferro em um grande terreno tem trazido problemas, como acúmulo de barro e poeira, danos ambientais e morte de nascentes.
Um dos herdeiros do terreno teria apresentado documentos que comprovariam a propriedade da área. Segundo esse morador, a Vale já teria arrancado cercas e retirado madeira do local, “aproveitando-se da simplicidade dos habitantes da comunidade”.
As mesmas fontes apontam que, entre os processos que tramitam na Justiça, há uma ordem judicial que impede a Vale de entrar na comunidade e exercer atividade minerária, mas ela é constantemente desobedecida pela empresa.

Fonte: Diário do Vale

Nenhum comentário:

Receba Notícias Pelo Whatsapp

 Anuncie Aqui no TV Canal