SES acompanha 14 surtos de Covid-19 em Minas, com centenas de trabalhadores com testes positivos - TV Canal Dom Silvério

Participe nossa grupo

 Anuncie Aqui no TV Canal

SES acompanha 14 surtos de Covid-19 em Minas, com centenas de trabalhadores com testes positivos

Share This

A transmissão de Covid-19 entre funcionários de empresas em Minas tem preocupado a Secretaria de Estado de Saúde (SES). Até o momento, Minas acompanha o registro de 14 surtos nessas situações. Só na última semana, dois deles ocorreram na Serra do Salitre, no Alto Paranaíbae em Unaí, no Triângulo Mineiro - locais onde centenas de trabalhadores testaram positivo para a enfermidade e precisaram entrar em quarentena. Nesta quarta-feira (3), a pasta reforçou a importância da adoção de medidas sanitárias nessas situações e explicou a atuação da Saúde nesses casos.
De acordo com o chefe de gabinete da SES, João Pinho, é papel dos empresários verificar, de acordo com o Minas Consciente, qual é a melhor forma de conduzir o trabalho e as relações entre empregados, clientes e cidadãos que interagem com as empresas, respeitando as medidas e protocolos de higiene, de forma a diminuir a contaminação. Segundo ele, o programa de flexibilização do governo traz recomendações para cada atividade econômica, seja ela mineração, comércio, atividade agrícola, entre outras.
Além das orientações, a pasta informou que acompanha cada um dos 14 casos por meio de uma equipe específica para lidar com o assunto. Segundo Pinho, toda vez que há um surto que representa um potencial mais amplo de contaminação para um determinado momento, local ou empresa, os agentes são deslocados para verificar qual é a melhor forma de apoiar a região. Além da Serra do Salitre e de Unaí, houve casos de surtos em Barbacena, na região Central; Brasília de Minas, no Norte; e Alvarenga, no Vale do Rio Doce.
"A unidade de resposta rápida 3 vai fazer o apoio seja para organizar como aquelas pessoas vão ser atendidas ou como elas vão retornar para seus ambientes familiares ou que nível de testagem que a gente vai ter que realizar. É uma unidade destacada para isso e tão logo a gente receba essa notificação, essa equipe vai para o local para ver qual é o melhor planejamento para aquela situação", afirmou o chefe de gabinete da SES, durante coletiva de imprensa nesta tarde.
Isolamento evitará fechamento mais agressivo
Ainda conforme o gestor, a existência dos surtos traz à tona, mais uma vez, importância do distanciamento e do isolamento sociais. "O governador falou outro dia que não é a hora de 'abaixar a guarda'. É muito importante, quando a gente vê a existência dessa curva de contágio acelerando, da existência desses surtos, que a gente intensifique as medidas de isolamento, de distanciamento, de higiene, sanitárias, máscaras, para que a gente consiga dar algum tipo de respiro para o nosso sistema de saúde", declarou.
"A nossa orientação é a de seguir o plano Minas Consciente, porque a gente sabe que, lá na frente, quando a gente vê os municípios tomando as suas decisões, e a gente entende essa prerrogativa, de abertura de vários segmentos que estariam mais à frente no Minas Consciente, a gente pode ter uma possibilidade de enfrentar um fechamento mais agressivo, que é o que todos nós não queremos. A SES não quer ter que recomendar um tipo de isolamento mais incisivo para a sociedade", finalizou.

Nenhum comentário:

Facebook